A gente quer descomplicar

Conheça aqui as dúvidas mais frequentes dos consumidores a respeito da compra, entrega, uso e assistência técnica de colchões.

Se depois da leitura, ainda sobrar qualquer interrogação, use o formulário do final da página para enviar sua pergunta.

A gente se compromete em dar uma resposta no prazo máximo de 12 horas.

O que devo levar em conta na hora de escolher o colchão?

1) Um bom colchão deve ser firme o suficiente para oferecer suporte adequado para a sua coluna e flexível o bastante para oferecer conforto.

 

2) Há diferentes níveis de conforto e suporte: firme, médio-firme, macio, extra-macio. Informe ao vendedor o de sua preferência.

 

3) Os colchões foram feitos para deitar e somente assim você poderá identificar melhor estas diferenças entre os diversos produtos. Não tenha vergonha de deitar e experimentar cada opção oferecida pela loja.

 

4) Ao deitar, procure sentir os diferentes tipos de tecidos. A variedade de composições e texturas é muito grande. Tecidos em fibras naturais e construção de malha garantem mais frescor e são mais adequados para ‘trabalhar’ em conjunto com espumas técnicas como a visco-elástica, por exemplo.

 

5) Lembre-se de que um bom colchão, adequado às suas necessidades, vai lhe acompanhar por muitos anos, todas as noites. Por isso, fazer economiza exagerada na compra nem representa bom negócio.

Que cuidados devo tomar na hora da entrega?

1) Colchões de mola nunca devem ser dobrados. Por isso, é preciso planejar muito bem a entrega para evitar surpresas e improvisos. Você pode ajudar, informando ao serviço de agendamento da entrega da loja, as dificuldades de acesso existentes no caminho até o dormitório onde o colchão será instalado. Avise sobre escadas, corredores, larguras de portas e janelas. Dessa maneira, os profissionais de entrega poderão planejar a melhor forma de fazer seu colchão chegar até você, sem qualquer risco ao produto.

 

2) Verifique sempre o modelo e a marca descritos na etiqueta ou bordado do produto que você está recebendo, para que esteja de acordo com os dados do pedido e Nota Fiscal.

 

3) Nunca permita que entreguem seu colchão transportado em veículos abertos, pois o uso de cordas e amarras podem estragar sua estrutura. Você pode até não ver, mas por dentro seu colchão pode ter com sua vida útil comprometida.

Trocando de colchão vou resolver minhas dores nas costas?

Um colchão novo de qualidade certamente pode minimizar quadros de dores lombares, mas lembre-se de que colchão não é produto medicinal e não tem a capacidade de ‘tratar’ problemas desta natureza. Se você sofre com lombalgias diversas, a melhor dica é procurar por um médico especialista.

Quanto tempo dura um colchão?

A Associação Brasileira da Indústria de Colchões (ABICOL) recomenda a seus associados a darem garantia integral de 1 ano em seus produtos. Entretanto, seguindo as recomendações de uso e manutenção, pode-se dizer que um colchão de molas tem vida útil de 7 a até 10-12 anos.

Por outro lado, em economias mais avançadas, como a norte-americana por exemplo, a média de troca de colchões é de 4-5 anos.

Quais as dicas para que meu colchão dure mais?

Clique aqui e confira no capítulo Durabilidade desse site, as recomendações de uso e manutenção para aumentar a durabilidade do seu colchão.

Que problemas poderão ocorrer com meu colchão, que justifique acionar a Assistência Técnica?

Como consumidor você tem todo o direito de reclamar, sempre que se sentir lesado, insatisfeito ou mesmo arrependido com a compra.

Entretanto, é bom conhecer em que casos a Assistência Técnica poderá lhe ajudar a resolver o seu problema:

 

1) Problemas com o molejo: ruídos e rompimento de arames

2) Problemas de revestimento: esgarçamento do tecido

3) Problemas de estofamento: afundamento anormal das camadas de conforto. De acordo com a Norma ABNT NBR 15.413-1, com o uso do colchão as camadas de espuma sofrem uma acomodação natural, sendo considerados problemas de fabricação somente os afundamentos superiores aos seguintes limites, comprovados a partir de laudo técnico.

 

Colchões com altura até 22cm 6% da altura total do colchão
Colchões com altura entre 23cm e 30cm 8% da altura total do colchão
Colchões com altura acima de 30cm 10% da altura do colchão

 

 

4) Problemas da cama-box: quebra da estrutura de madeira (se constatado defeito de fábrica), rangidos, ruídos ou barulhos e compressão dos módulos.

Restou alguma dúvida? Envie para nossa equipe:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem